O que Mark Ronson mudaria no relacionamento dele com Amy Winehouse?

Produtor se arrepende de alguns comportamentos que teve em relação a Amy Winehouse

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Mark Ronson, um dos principais colaboradores de Amy Winehouse e produtor do disco Back to Black (2006), revelou arrependimento pela maneira como tratou a artista em relação aos problemas da cantora com o vício, via NME.

Como lembra o NME, porém, o relacionamento dos dois ficou muitíssimo conturbado quando Amy Winehouse acusou Ronson de levar o crédito pelo grandioso sucesso do disco dela. Em entrevista ao The Guardian, o produtor afirmou: “Tivemos nossos altos e baixos, e foi preocupante.”

-- Publicidade --

-- Publicidade --

“Não sei se amei totalmente a maneira como me comportava perto dela,” completou Ronson. O produtor explicou que gostaria de ter sido mais ativo e presente no apoio a cantora durante as lutas contra o vício.

Ele acrescentou: “Quando ela estava passando pelo vício, gostaria de ter sido um pouco mais direto ou confrontador sobre isso. Mas eu pensei, ‘Ah, ela vai resolver – ela já fez isso uma vez’.”

Conforme lembra o NMEAmy Winehouse passou por uma internação em reabilitação em 2008, mas continuou a lutar contra o abuso de álcool. A cantora morreu de intoxicação alcoólica acidental aos 27 anos em julho de 2011.

Fonte rollingstone
você pode gostar também