Morre Dusty Hill, baixista e vocalista do ZZ Top, aos 72 anos

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Dusty Hill, baixista e vocalista do ZZ Top, morreu nesta quarta-feira (28). De acordo com os companheiros de banda Billy Gibbons e Frank Beard, o músico de 72 anos faleceu em sua casa em Houston, no Texas.

ZZ Top toca em SP em 2010, com Dusty Hill à esquerda e Billy Gibbons à direita — (Foto: Flávio Moraes/G1)
-- Publicidade --

-- Publicidade --

Juntos desde 1969, o trio texano foi um dos pioneiros ao misturar o hard rock americano com boogie, country e blues, gêneros característicos do sul dos Estados Unidos. As letras falavam muito de carros e bebidas. Mas foi nos anos 1980 que o ZZ Top teve seu ápice de popularidade, graças à MTV. Clipes como “Sleeping Bag” e “Gimme All Your Loving” passavam na emissora em alta rotação.

Em cinco décadas de atividades, o ZZ Top lançou 15 álbuns. Quatro deles alcançaram status de “disco de ouro”, dois foram certificados como platina, um de platina quíntupla e o clássico “Eliminator“, de 1983, que alcançou o status de “diamante” por mais de 10 milhões de cópias vendidas só nos Estados Unidos. Em 2004, Hill, Gibbons e Beard foram incluídos no Rock and Roll Hall of Fame.

“Estamos tristes com a notícia de que nosso compadre, Dusty Hill, faleceu enquanto dormia em casa em Houston. Nós, junto com as legiões de fãs do ZZ Top pelo mundo, vamos sentir falta de sua presença, sua boa natureza e seu compromisso duradouro em prover essa base monumental para o ‘Top’. Estaremos para sempre conectados a esse ‘Blues Shuffle em dó’. Sentiremos muito sua falta, amigo”, diz o comunicado dos membros remanescentes.

Fonte portalpopline
você pode gostar também