Astro de ’50 Tons de Cinza’ desabafa: “Sou mais famoso por um sucesso não amado pela crítica”

Jamie Dornan relembra comentários negativos pela sequência

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Jamie Dornan, o Christian Grey de Cinquenta Tons de Cinza, contou como lida com as críticas desde a franquia. Em entrevista à revista Variety, publicada nesta quarta-feira (25), o ator relembrou as críticas que recebia pela sequência, que o fizeram sofrer nessa época.

O ator confessou que não costumava acompanhar as críticas, mas se rendeu à curiosidade em 2015. “Eu passei por uma fase difícil com ’50 Tons’ em que eu lia algumas [críticas] realmente ruins, mas então comecei a achá-las engraçadas e deixar que elas me guiassem. Uma delas dizia: ‘Jamie Dornan tem o carisma de um mingau de aveia’ — algumas pessoas gostam de mingau de aveia. Então, eu pensei que foi meio grosseira. Eu me lembro que aquilo ficou preso comigo, e eu também não discordo disso totalmente”, lembrou.

Na entrevista, Jamie também reconheceu a ironia entre o sucesso dos filmes ao “fracasso” nas críticas. “A coisa pela qual eu provavelmente sou mais famoso é uma franquia de sucesso monstruoso que não foi amada pela crítica. É uma coisa estranha, entrar nesses filmes sabendo que você estará numa franquia que provavelmente ganhará muito dinheiro e será avaliada negativamente, porque aqueles livros fizeram muito dinheiro e realmente foram avaliados muito negativamente”, afirmou.

Jamie ainda diz que não pretende estrelar uma nova franquia, mas não descarta totalmente a possibilidade, desde que seja diferente de Cinquenta Tons. “Não importa quem eu interprete, eu não acho que eu gostaria de fazer um personagem por vários filmes. Eu acho que eu só ficaria realmente entediado por isso… se existir alguma oportunidade para mostrar o que posso fazer em um universo diferente, numa franquia que tenha um público diferente do que Cinquenta Tons teve, então eu seria maluco de não considerar isso”, avaliou Dornan, citando ainda o caso de Robert Pattinson – que protagonizou Crepúsculo e agora será o próximo Batman.

 

Fonte revistaquem
você pode gostar também