Alexandre Frota alfineta Wolf Maya após diretor negar que quis fazer sexo com ele

Ex-deputado federal relatou ocorrido em podcast; segundo ele fato teria acontecido em 1984; entenda

-- Publicidade --

Alexandre Frota, de 59 anos, usou seu Instagram para rebater Wolf Maya, de 69, que negou ter feito uma proposta de sexo com o ex-ator nos bastidores da Globo na década de 1980. Em seu Instagram, nesta quinta-feira (1), o ex-deputado federal ironizou a resposta do diretor, mas também aproveitou o ensejo para afirmar que não teria rolado nenhum tipo de assédio, na concepção dele.

“Em 84 eu era cara bonito, não entendi o nervosismo e agressividade do Wolf. Eu só contei uma passagem entre nós dois, não falei em nenhum momento de assédio. Em 84 não tinha essa, todos eram livres e a pegação era geral”, escreveu Frota.

O ex-ator disse ainda que não iria detalhar a suposta conversa que levou ao pedido de sexo. “Não vou usar as palavras que ele usou. Eu não reclamei da atitude dele na época e nem agora”, afirmou. “Vai viver Wolf, curtir a vida. Fizemos muitas coisas juntos, só comentei essa… Acho uma passagem interessante, mas não critiquei ou reclamei. As palavras verdadeiras não são agradáveis de ouvir as vezes, ainda que faladas anos mais tarde”, garantiu.

ENTENDA O CASO

 

Em entrevista ao podcast Não é Nada Pessoal, Frota disse que o ex-diretor da Globo o teria encurralado em um quarto de hotel, vestindo apenas um roupão. Wolf teria então feito uma proposta de sexo. “Ele correu atrás de mim em Poços de Caldas. Estava fazendo novela lá [Livre para Voar, em 1984]. Ele me chamou no quarto”, disse o ator e ex-deputado federal.

Ele emendou: “O Wolf veio com aquele papo: ‘Tira a calça aí e o caramba’. E eu meio que corri pra dentro do quarto e falei: ‘Porra, Wolf, tá louco?’. E peguei e saí”, Frota relatou, aos risos, durante a entrevista.

O ex-ator afirmou então que o fato teria ocorrido apenas uma vez. “Ele estava de roupão (risos), vai ficar puto com isso. Ele ficou pedindo para tirar a calça. Foi só essa vez e depois ficamos amigos”, garantiu.

Wolf negou o relato de Frota. “No passado, o Alexandre Frota fez comigo os melhores trabalhos como ator e não precisei comê-lo para isso. Fomos amigos”, disparou Wolf ao comentar um post no Instagram sobre o assunto. “No presente, ele se tornou essa pessoa deplorável e perdeu todos os amigos. Inclusive os novos de Brasília”, afirmou o diretor, se referindo à aproximação e depois rompimento de Frota com aliados que fez durante a carreira política.

Banner825x120 Rodapé Matérias
Fonte revistaquem
você pode gostar também