Morre Ned Beatty, ator de ‘Rede de intrigas’, ‘Amargo regresso’ e ‘Superman’

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


RIO – Um dos mais consagrados atores coadjuvantes do cinema americano, conhecido como “o ator mais ocupado de Hollywood”, o americano Ned Beatty morreu este domingo, aos 83 anos. Ao site “TMZ”, um membro da famiília disse que ele se foi durante o sono, em casa, cercado pela família. Nenhum detalhe sobre as circunstâncias exatas de sua morte foram dados, exceto o de que ele não foi vítima da Covid-19.

Ao longo de uma carreira de mais de cindo décadas, Beatty participou de uma infinidade de filmes, mas definitivamente ele será lembrado por seu monólogo em “Rede de intrigas” (1976), pelo qual ganhou uma indicação ao Oscar de melhor ator coajuvante.

O ator teve muitos outro momento inesquecível como Otis, o ajudante desastrado do vilão Lex Luthor (Gene Hackman) em “Superman: o filme” (1980), no qual ele mudou completamente o roteiro de sério para cômico. Por outro lado, ele foi a vítima em uma forte cena de estupro em “Amargo regresso”, de 1972. Beatty também participou de filmes como “Nashville” (1975), “Todos os homens do presidente” (1976), “O expresso de Chicago” (1976) e “Escute minha canção” (1991), pelo qual recebeu uma indicação do Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante.

Alguns de seus créditos mais recentes incluem trabalhos de dublagem nas animações “Rango” (2011) e em “Toy Story 3” (2010), no qual deu voz e alma a Lotso, o malvado urso rosa.

Fonte yahoo
você pode gostar também