Caetano e Chico declaram apoio à chapa Boulos-Erundina em São Paulo

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Artistas como Caetano Veloso e Chico Buarque, intelectuais e personalidades historicamente ligadas ao PT assinaram um manifesto em apoio à pré-candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) à Prefeitura de São Paulo, ampliando o isolamento na esquerda do nome do PT, Jilmar Tatto, escolhido em prévias do partido.

O texto “São Paulo precisa de Boulos e Erundina”, que exalta a chapa formada pelo líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e pela deputada federal e ex-prefeita da capital Luiza Erundina (PSOL), será divulgado nesta quinta-feira (6) pela equipe da pré-campanha.

Entre os cerca de 200 signatários estão pessoas que, no passado, declararam apoio ao Partido dos Trabalhadores ou participaram de gestões da legenda. Algumas colaboraram com o governo da ex-petista Erundina (1989-1992), casos da escritora Marilena Chaui, que foi secretária de Cultura, e da urbanista e professora universitária Raquel Rolnik, que coordenou o projeto do Plano Diretor na gestão da ex-prefeita.

O professor universitário Renato Janine Ribeiro, que foi ministro da Educação em 2015, durante o governo Dilma Rousseff (PT), foi outro que endossou a carta. A lista dos entusiastas da campanha Boulos-Erundina reúne ainda os atores Wagner Moura, Camila Pitanga, Marieta Severo, Sônia Braga e Maria Fernanda Cândido, os cineastas Fernando Meirelles e Petra Costa, os músicos Arnaldo Antunes, Maria Gadú, Teresa Cristina, Tom Zé, Zélia Duncan e José Miguel Wisnik e a ilustradora Laerte Coutinho, cartunista da Folha.

(…)

Fonte diariodocentrodomundo
você pode gostar também