Secretária de Educação de Gurupi recebe comissão de pais de alunos de escolas particulares

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


A secretária Municipal de Educação de Gurupi, Amanda Costa, recebeu nesta quinta-feira, 7, uma comissão de pais de alunos da rede particular de ensino. A gestora ouviu a reivindicação do grupo, que pede o retorno das aulas presenciais em 2021.

Na rede particular do município, assim como em outras partes do País, as aulas presenciais estão suspensas desde março do ano passado, como medida para prevenir a Covid-19. Em Gurupi 63 óbitos já ocorreram, desde o início da pandemia do novo coronavírus.

“Por se tratar de uma pandemia, o retorno ou não das aulas presenciais não é uma decisão que cabe às secretarias municipal ou estadual da Educação, e sim ao Comitê Gestor de Prevenção e Combate ao Coronavírus tanto do município quanto do Estado”, explicou a secretária.

Segundo Amanda Costa, as creches particulares já têm liberação para retomar as atividades, desde que enviem para aprovação, pelo Conselho Municipal de Educação, um planejamento detalhado sobre como serão adotados os protocolos de prevenção e segurança contra a Covid-19.

Decretos

Em Gurupi a educação infantil tanto na rede particular quanto pública, é regida pelo Conselho Municipal de Educação. Essa atuação fica restrita nas escolas privadas quando se trata das séries que vão do 1º ao 9º ano, e o ensino médio. Cabe ao Conselho Estadual de Educação deliberar sobre essas séries nas unidades de ensino da rede particular, portanto, essas são regidas por decreto estadual emitido pelo Comitê de Combate a Covid-19. “As medidas adotadas pelo Comitê Gestor da Covid-19, e por ato oficial do município norteiam as deliberações do que pode ou não. Então, neste momento, até 31 de janeiro, estamos seguindo o decreto governamental”, esclareceu a secretária.

Fonte conexaoto
você pode gostar também