Sergio Massa, ministro e candidato à presidência da Argentina, diz que é necessário rediscutir acordo com FMI: “Carma”

Durante entrevista ao canal argentino Telenueve, Massa destacou que o acordo com o Fundo é algo que o país terá de conviver até o pagamento da dívida

O ministro da Economia e candidato à presidência da Argentina, Sergio Massa, afirmou que é necessário rediscutir o acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), no qual foi classificado pelo ministro como um “carma” deixado pelo ex-presidente do país Maurício Macri.

Durante entrevista ao canal argentino Telenueve, Massa destacou que o acordo com o Fundo é algo que o país terá de conviver até o pagamento da dívida.

O acordo entre a Argentina e o FMI foi aprovado pelo conselho executivo do fundo em agosto. Assim, o Fundo desembolsou de cerca de US$ 7,5 bilhões à Argentina através do programa de assistência Extended Fund Facility (EFF). Com isso, o montante total liberado pela instituição para o país sul-americano pelo instrumento chega a US$ 36 bilhões.

 

Banner825x120 Rodapé Matérias
Fonte infomoney
você pode gostar também
×