Senado aprova PEC da Transição com mudanças feitas pela Câmara em dois turnos

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Após a Câmara dos Deputados aprovar em dois turnos quarta-feira (21) a PEC da Transição com alterações, o texto voltou ao Senado para ser votado novamente.

No início da noite, os senadores aprovaram em primeiro turno, por 63 votos a 11, as mudanças propostas pea Câmara. No segundo turno, o placar da votação se manteve.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O texto da PEC da Transição amplia o teto de gastos e, com isso, libera recursos para que o governo eleito continue com o pagamento de R$ 600 do Bolsa Família (atual Auxílio Brasil) em 2023.

No último domingo domingo (18), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes já havia determinado que os recursos para bancar o programa assistencial devem ficar fora do teto de gastos – regra fiscal que limita as despesas públicas.

Mesmo assim, para assegurar recursos para outras despesas, a equipe do governo eleito trabalhou pela aprovação da PEC da Transição.

Fonte istoe
você pode gostar também
×