Randolfe diz que Tribunal de Haia receberá relatório da CPI da Covid

Vice-presidente da comissão entregará o texto final da investigação sobre a atuação do governo no combate à pandemia

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) disse nesta 4ª feira (24.nov.2021) que o TPI (Tribunal Internacional Penal) aceitou o recebimento do relatório final da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid, que pede o indiciamento de duas empresas e 78 pessoas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Acabamos de receber resposta da procuradoria do Tribunal Penal Internacional, que fica em Haia. O Tribunal confirmou que nos receberá para que possamos apresentar o relatório com os resultados da CPI da Pandemia”, declarou Randolfe, que foi vice-presidente da comissão.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Entre as acusações a Bolsonaro, a CPI inicialmente aventou a possibilidade de genocídio, posteriormente recuado pelo grupo majoritário da comissão, conhecido como G7. Mesmo assim, o presidente ainda foi imputado a 8 crimes. Anteriormente, o chefe do Executivo federal já foi acusado de homicídio em massa ao TPI.

Conheça o Tribunal de Haia

O Tribunal de Haia, na Holanda, oficialmente chamado de Tribunal Penal Internacional, é uma Corte com jurisdição sobre mais de 120 países (dentro os quais o Brasil) e é responsável por julgar indivíduos acusados de crimes contra a humanidade, crimes de guerra, genocídios e crimes ambientais em larga escala.

O Poder360, por meio do quadro Poder Explica, fez um vídeo dedicado ao tema. Assista (8min59s):

Fonte poder360
você pode gostar também