Vereador preso em flagrante por exigir propina no Bico segue detido e afastado do cargo por 180 dias

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Equipe Gazeta do Cerrado

O vereador de Axixá, Herton Ferreira Mascarenhas (PV) que foi preso na noite da última terça-feira, 23, em flagrante pela Polícia Civil, por tentativa de concussão, segue detido e está afastado da função de vereador pelo prazo de 180 dias.

A informação foi confirmada à Gazeta pelo delegado responsável pelo caso, Thyago Bustorff. “O Ministério Público representou pela prisão preventiva, o juiz acatou. Ele está preso preventivamente, e afastado da função de vereador pelo prazo de 180 dias”, disse Bustorff.

Entenda

Na última terça-feira, durante sessão da Câmara de Axixá, o vereador estaria exigindo do prefeito Auri-wulange Ribeiro, R$ 20 mil para votar a aprovação de contas da gestão de 2015, que também era do atual prefeito.

Foi implementada uma ação controlada consistente em retardar a intervenção policial para momento mais oportuno do ponto de vista probatório. Desta forma, policiais civis ficaram em campana próximo à Câmara Municipal monitorando uma reunião que ocorria no momento

Assim, foi dada a voz de prisão ao suspeito, que foi conduzido à 3ª Central de Atendimento de Araguatins, onde foi realizada a lavratura do auto de prisão em flagrante e a representação pelo afastamento das funções públicas pelo prazo de 180 dias.

Fonte gazetadocerrado
você pode gostar também