Prefeita Cinthia Ribeiro dá posse a Fabiano do Vale na presidência do Cidep

Tempo estimado para leitura: 4 minuto(s)


A Mesa Diretora do Conselho de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Palmas (Cidep) foi empossada nesta quarta-feira, 14, pela prefeita Cinthia Ribeiro, que designou para a presidência o empresário Fabiano do Vale, que preside a Federação das Associações Comerciais do Tocantins (Faciet). Na vice-presidência ficou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem), Gustavo Bottós. O Cidep definiu o empresário Bruno Martins Vieira para o cargo de secretário do Cidep, onde representa a Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais do Tocantins (Fampec). A prefeita Cinthia é a presidente de honra do Cidep.

A prefeita Cinthia destacou que o Cidep é muito importante para Palmas e tem uma grande responsabilidade em liderar a construção de políticas públicas de retomada da economia de forma consciente, fortalecendo o empreendedorismo e com ações de fomento. “Temos uma grande responsabilidade de fazer uma ação integrada e pensar a cidade de uma forma diferente, economia 4.0, onde todos os representantes do setor empresarial aqui no Cidep e da Prefeitura de Palmas construirão um tempo novo e assim garantir a consolidação de políticas públicas e viabilizar projetos que serão norteadores para o futuro. Desejo toda sorte para os membros do Cidep.” A solenidade foi realizada na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins (Fecomércio).

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Confira todos os membros designados para o Cidep

Fabiano do Vale elogia a gestão da prefeita Cinthia, destacando que é uma pessoa séria e que montou uma equipe de trabalho que tem vontade de fazer o melhor. “Tenho comércio em Palmas há 27 anos, meus filhos nasceram e cresceram aqui. Tenho um grande carinho por Palmas e a gestão atual tem feito um bom trabalho, mas vamos ouvir os empresários, que inclusive não são parte do Cidep, sobre como podemos melhorar a nossa Capital. E é só ouvindo as pessoas, ouvindo as entidades e juntando essas informações para traçarmos um plano inicial de trabalho. Agora vamos montar o comitê gestor e as câmaras temáticas, como no segmento da educação, da saúde, do desenvolvimento urbano ou do empreendedormismo”.

O 2º vice-presidente da Fecomércio e membro suplente no Cidep argumentou que o conselho tem um papel importante para a construção de Palmas e deve ter o seu funcionamento mantido de forma constante. “É com grande satisfação que recebemos a solenidade de posse da Mesa Diretora do Cidep e avalio que um dos temas que deve ser abordado é a desburocratização para garantir o fortalecimento do empreendedorimo”, avaliou.

Ações

O secretário Bottós explica que o Cidep é composto por representantes da sociedade civil, entidades que atuam com empreendedorismo e desenvolvimento econômico, como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Fecomércio ou a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto). “No Cidep vamos discutir as ações voltadas ao desenvolvimento econômico e inovação em Palmas, como fazer o nosso plano municipal de desenvolvimento econômico”, detalha.

Lei nº 2.675, de 5 de abril de 2022, cria o Cidep e também o Fundo de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Palmas (Fidep), onde os recursos são destinados em 50% para o Banco do Povo e o restante para: financiamento de atividades nas áreas industriais, comerciais e de serviços; custeio de elaboração de projetos técnicos de viabilidade econômico-financeira; consultorias, oficinas, workshops, estudo e pesquisas e capacitação profissional. “Por isso é muito importante que o Cidep comece a trabalhar para definir as ações técnicas e como dará o uso do recurso do Fidep. Por exemplo, o Cidep definirá as diretrizes de acesso ao crédito que será transferido pelo Fidep ao Banco do Povo, onde temos que pensar as melhores condições para otimizar a liberação desse recurso de forma que o cidadão possa empreender de fato”.

Também foi designado o servidor público efetivo Charles Alves da Silva, lotado na Sedem, como ordenador de despesas do Fidep, em conformidade ao artigo 17 da Lei nº 2.675. E a reunião do Cidep desta quarta-feira ainda aprovou as datas dos próximos encontros até dezembro deste ano, sendo que o outubro o conselho volta a sentar no dia 11, às 9 horas.

Entenda

O Cidep é composto por representantes da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel); da Associação de Jovens Empresários e Empreendedores do Tocantins (Ajee), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Palmas, da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), da Fecomércio, da Fampec, da Faciet e do Sebrae. Pela Prefeitura de Palmas, representantes da Sedem, da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Humano, da Secretaria Municipal de Finanças, da Secretaria Municipal da Educação e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais.

Fonte ocoletivo
você pode gostar também
×