Moradores têm dificuldade para entrar em casa por causa de buracos abertos para obra de drenagem na Arse 72

Comerciantes da quadra relatam que vendar caíram pela metade. No local, não há placas indicando prazos da obra.

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Moradores da Arse 72, conhecida como quadra 706 Sul, em Palmas, estão tendo dificuldades para entrar e sair das próprias casas. Várias Alamedas foram fechadas pela prefeitura para obras e com os buracos abertos no meio das ruas, os carros estão sem conseguir passar.

“A gente tá vindo pela beira da calçada, praticamente como se fosse um gato. A gente tem que estar vindo pela contramão, passando, para poder chegar no comércio”, explica o autônomo Deyvid Ferreira.

A obra começou a há cerca de 90 dias, segundo os moradores. No local não há placas indicando quando ela deve terminar, qual o custo e sequer qual o serviço que está sendo realizado. Muitos moradores estão sem nem saber qual a melhoria que a quadra está recebendo.

“Eu não tô entendendo. Porque aqui nós já pagamos esgoto. Eu não entendo bem o que é essa obra. Porque ela está acontecendo”, diz a aposentada Maria Aparecida.

O comerciante José Carlos Rocha, que é dono de um supermercado na quadra, diz que as vendas caíram pela metade. “Sinto uma falta de planejamento. Porque a demora está muito grande, tem 90 dias isso aí. Fica complicado pra gente conseguir cumprir os compromissos”, reclama.

Em nota, a Prefeitura de Palmas disse que a obra é de drenagem e que o reaterro das manilhas já foi feito em algumas alamedas e que depois disso a via será recuperada. Não foi divulgado prazo para a conclusão das obras.

Fonte globo
você pode gostar também