Palmas reage, anuncia 12 leitos de estabilização nas UPAs e vai montar unidade exclusiva para Covid

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Em vídeo divulgado nas redes sociais, a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB) anunciou novas providências para combater essa fase crítica da pandemia na Capital. Serão implantados mais 12 leitos de estabilização nas UPAS, cinco na sul, e sete na norte. A UPA será apenas para atendimento para pacientes com suspeita de Covid. As mudanças começaram nessa segunda-feira, 1º.

A prefeita também informou que a previsão pra entrega já é no próximo fim de semana. Também foi feita a requisição de um imóvel na frente da Unidade de Saúde da Família José Hermes, no setor Lago Sul. Esse local vai passar por adaptação e será destinado para o atendimento de urgência e emergência dos pacientes que procurarem a UPA Sul, que será utilizada exclusivamente a pacientes com suspeita de Covid, assim que as reformas forem concluídas.

“Até o dia 14 de março nós queremos chegar a 40 novos leitos de estabilização, com respiradores, nas nossas UPAs. Totalizando 81 leitos de estabilização nas duas unidades. Essa ampliação será possível quando o atendimento de urgência e emergência for transferido para a Unidade de Saúde José Hermes”, afirmou a Cinthia.

A prefeita também informou a contratação, por meio de requisição, de seis leitos clínicos junto a um hospital privado. O município não informou quando essas vagas estarão disponíveis.

Palmas já tem 28.381 casos confirmados e 267 mortes. A capital tem mais de 2,7 mil pacientes em isolamento e 144 internados. A taxa de ocupação hospitalar na cidade é de 81%, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

você pode gostar também