Secretário de Saúde de Miracema reclama de dados do Boletim da Covid-19 do Estado

Tempo estimado para leitura: 5 minuto(s)


A Prefeitura de Miracema do Tocantins, por meio da Secretaria Municipal de Saúde vem a público externar sua indignação e insatisfação quanto aos recorrentes equívocos presentes no Boletim Epidemiológico Estadual da covid-19, que insiste erroneamente em registrar casos confirmados para o município, números que não correspondem com a realidade da cidade.

Por quatro vezes, equivocadamente, a Secretaria Estadual da Saúde registrou casos confirmados para Miracema, o 1º paciente seria de Araguaína (16/05), o 2º foi registrado com duplicidade (17/05), constando por 02 vezes no boletim, o 3º era de Minas Gerais (18/05) e o 4º de Palmas (20/05). A Gestão preocupa-se, pois, tais divergências causam especulação e pânico na população, além de colocar o boletim epidemiológico municipal em descrédito.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A Secretaria Municipal da Saúde acompanha diariamente as notificações, os testes e os casos monitorados. Inclusive, verifica o Boletim Estadual constantemente e contesta quando há erros, justamente para garantir a veracidade e a transparência das informações.

Em nota, a Secretaria Estadual informou que todas as informações são provenientes do Ministério da Saúde, alimentado pelos municípios no Sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (Gal), utilizado pelos municípios para cadastro das mostras que serão encaminhadas ao Lacen para a realização de testes e o E-SUS-VE é a ferramenta de registro de notificação de casos suspeitos da Covid-19.

A nota diz ainda que o Estado não irá confirmar residências junto aos municípios, e que estes devem ficar atentos aos dados informados nos Boletins Epidemiológico diários, nos sistemas de notificação e cadastro de exames e que qualquer divergência deverá ser informada ao Cievs/COE do Estado que fará as correções nos próximos boletins.

O Secretário Municipal de Saúde Leal Júnior, ressalta que tais divergências incentivam às especulações e colocam em dúvida o boletim municipal, que vem sendo acompanhado e emitido com muita responsabilidade e profissionalismo.

“Não acredito que permanecer no erro, transferir a responsabilidade e simplesmente fazer uma correção depois de toda a repercussão ter acontecido seja a solução. Muito pelo contrário, é necessário aperfeiçoar esta coleta de dados para que os equívocos não aconteçam, e sim essas informações teriam que ser checadas antes da divulgação. Pois, acredito que corrigir algo no dia seguinte dê mais trabalho do que checar antes. É preciso ter mais competência na prestação de serviços à comunidade tocantinense, pois não sou o único secretário a se incomodar com esta situação”, enfatizou o secretário.

Transparência das ações de prevenção contra o Coronavírus

A Prefeitura de Miracema do Tocantins priorizando a retidão e transparência das ações de prevenção ao coronavírus vem a público divulgar, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, os valores recebidos e investidos pelo município, até o momento, no combate à covid-19.

Segundo informações da assessoria jurídica da Secretaria de Saúde, o município recebeu até o momento, do Fundo Nacional de Saúde, duas verbas destinadas às ações de combate a covid-19, uma no valor de R$ 53.837,31, recebida no dia 30 de março e a outra no valor de R$ 75.546,68, recebida no dia 09 de abril.

De acordo com a Secretaria estes recursos serão integralmente utilizados na compra de produtos e insumos relacionados ao combate do coranavírus, tais como álcool líquido, gel, luvas, máscara, óculos e demais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), necessários para a preservação dos servidores da Saúde, profissionais que estão na linha de frente no enfrentamento da covid-19.

“Toda esta prestação de contas será feita oportunamente aos órgãos fiscalizadores, seguindo rigorosamente às orientações preconizadas pelas instituições. Apresentaremos a documentação pertinente aos órgãos com tudo que diz respeito às ações de combate ao coronavírus, priorizando sempre a transparência e a correta utilização do recurso público”, frisou o secretário Municipal de Saúde, Leal Júnior.

 

Operação de Desinfecção das Ruas

 

Informamos que a 1ª Operação de Desinfecção realizada nas ruas do centro da cidade no dia 15 de maio, pelos servidores da administração pública, não onerou aos cofres públicos. A secretaria Municipal de Saúde já possuía o Hipoclorito de sódio, que apenas foi adicionado à medida proporcional de água para que a mistura tivesse a eficácia necessária no combate ao coronavírus.  O trator utilizado na ação pertence ao município e muito em breve a operação contemplará outros setores da cidade.

Parceria com Empresas e Instituições Bancárias

Com relação à estrutura instalada na frente dos bancos e casa lotérica, trata-se de uma parceria com a CTO Construtora que disponibilizou as tendas, para melhor conforto dos usuários, sem custo para o município.  Dentre a parceria com os bancos, a prefeitura tem disponibilizado servidores públicos para que possam organizar o fluxo das filas e aplicar o álcool em gel, adquirido pelas instituições bancárias.

A prefeitura também tem fornecido, através da Secretaria Municipal de Educação, bebedouros em locais estratégicos para este público em questão.

Iniciativa Privada

 

Miracema conta com diversos pontos de venda de máscaras caseiras (utilização recomendada pelo Ministério da Saúde), alternativa que empreendedores criativos encontraram para gerar renda e proporcionar mais segurança às pessoas. Além disso, a Associação Ação Social Jesus de Nazaré tem confeccionado máscaras junto a alguns parceiros e distribuído à comunidade carente do município.

Verba prevista a receber

 

Tramita no Senado Federal o repasse do recurso proveniente do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, aprovado no dia 02 de maio, conforme (PLP 39/2020). De maneira que, não há ainda nenhuma previsão oficial de quando os municípios de todo o país receberão este recurso. Sendo assim, o valor estimado de 2.621.575,17, aprovado após relatório final do senado, não está em conta e ainda não há previsão de quando será creditado. Confira a matéria completa na página do Senado: https://cutt.ly/ZyUceFN

Fonte: Secom Miracema do Tocantins

Fonte gazetadocerrado
você pode gostar também