Situação do transporte público em Gurupi é debatido na Câmara

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Gurupi está há pouco mais de um ano sem o serviço de transporte coletivo e o assunto foi debatido durante sessão entre os 15 vereadores da Câmara Municipal. Foi apresentado no plenário pelo vereador Jair Souza (PROS) um requerimento destinado ao presidente da Agência Municipal de Trânsito e Transportes, solicitando respostas para a falta de transporte público no município.

O vereador Valdônio Rodrigues (PSB) chegou a falar sobre a possibilidade de uma empresa de micro-ônibus realizar o serviço. “É uma situação que precisa muito ser analisada, pelo que sei muitas empresas não querem participar do processo licitatório, pois a demanda de pessoas que dependem do transporte não é satisfatória. já fiquei sabendo de empresas que não querem operar na cidade porque não há lucro, no momento. Talvez uma empresa com micro-ônibus seria ideal”, disse o vereador Valdônio.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Já o vereador Ivanilson Marinho (SD) destacou que moradores de bairros mais afastados relatam da necessidade do transporte. “No Campo Belo, Madri, Bela Vista, dentre outros bairros longe do centro há várias reclamações e as pessoas estão recorrendo aos táxis, o que acaba pesando no bolso de muitos, isto deve ser discutido e solucionado o mais rápido possível”, relatou.

Outro requerimento debatido no plenário foi um de autoria da vereadora Leda Penini (Patriota) que solicitou ao Secretário Estadual de Segurança Pública a criação e implantação da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente (DEMA) na cidade de Gurupi. “Nossa cidade está precisando desta delegacia especializada e reprimir crimes contra o meio ambiente”, relatou a vereadora.

 

Fonte conexaoto
você pode gostar também