Em Gurupi, Procon encontra variação de até 380% nos preços dos materiais escolares

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O Procon Tocantins segue realizando pesquisas de preços do material escolar para o ano letivo de 2022. Desta vez, o levantamento feito no município de Gurupi considerou os preços de 84 itens de quatro estabelecimentos comerciais. Realizada entre os dias 17 e 19 de janeiro de 2022, a pesquisa apontou uma variação de até 380%.

Entre os produtos pesquisados estão canetas hidrográficas, apontadores, borrachas, cadernos, colas em bastão e líquida, giz de cera, lápis preto e lapiseiras, marca texto, massas de modelar, réguas, tesouras, corretivos, papel, pincel e tinta.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O item que atingiu maior variação de preços foi a borracha ponteira látex branca da marca Mercur, com variação de 380%, vendida entre R$ R$ 0,25 e R$ R$ 1,20.

Nesse ranking, o segundo lugar foi ocupado pela régua plástica (30 cm) da marca Waleu, com variação de 238,46%, comercializada entre R$ 0,65 e R$ R$ 2,20. Já, em terceiro lugar, vem o marca texto frixon apagável da marca Pilot, com variação de 136%, comercializado entre R$ 2,50 e R$ 5,90.

Reforçando a importância da pesquisa, o superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, destaca que o principal objetivo é fornecer ao consumidor uma amostra das diferenças de preços que ele pode encontrar no mercado de material escolar, e conclama o cidadão a desenvolver o hábito de pesquisar antes da aquisição de qualquer produto.

“Logo que pais e ou responsáveis tiverem acesso à lista de materiais escolares, é importante que iniciem uma pesquisa, seja em lojas físicas ou pela internet. As pesquisas realizadas com tempo garantirá ao consumidor ganhos no preço e na qualidade dos produtos”, observa o gestor do órgão de defesa do consumidor, lembrando que antes de ir às compras, verificar quais os itens da lista de material o aluno já possui para evitar gastos desnecessários.

Fonte conexaoto
você pode gostar também