Desenvolvimento turístico de Gurupi é debatido em reunião entre Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e parceiros

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O desenvolvimento do Turismo de uma região exige o desenvolvimento e planejamento de um Programa voltado para o Turismo. Dessa forma, a Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) está desenvolvendo o seu planejamento do Programa de Desenvolvimento do Turismo com o apoio do Conselho Municipal do Turismo e em parceria com o Sebrae e a Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc).

Nesta quarta-feira, 19, uma reunião foi realizada, de forma online, onde foram apresentadas propostas, o escopo e etapas de trabalho para desenvolvimento do Programa, cadastro e liberação de acesso ao Sistema de Inteligência Turística (SITUR) para acompanhamento dos trabalhos pelo interlocutor do município, além de discussão os próximos passos.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A reunião teve participação da representante da Adetuc, Maria Antônia, representantes do Sebrae, Thiago Milhomem e Gilberto, do representante da Agência Brasileira de Engenharia Turística (ABET), Denner Fonseca, da secretária de Cultura e Turismo de Gurupi, Lady Sakay, do Diretor Municipal de Turismo, Astor Linhares, e das membras do Conselho Municipal de Turismo, Márcia Bonfanti, Maria Socorro e Betânia Alves.

Segundo a secretária municipal de Cultura e Turismo, Lady Sakay, o objetivo foi desenvolver o inventário turístico de Gurupi, com o intuito de avançar na categorização do município no Mapa do Turismo Brasileiro. Atualmente, Gurupi está na categoria B.

Ainda segundo Lady Sakay, a ABET tem uma plataforma e fará o trabalho na cidade de Gurupi em três etapas: Pesquisa de gabinete com a coleta de dados e informações que já está sendo feita; Inventário da ofetra turística e dados normativos institucionais; e Pesquisas qualitativas junto aos agentes turísticos e população envolvida diretamente com o turismo.

“Com essa parceria forte da Prefeitura de Gurupi, por meio da Secult com a Adetuc, Sebrae, Conselho Municipal de Turismo, Trade do Turismo e a Agência Brasileira de Engenharia Turística teremos um Planejamento Turístico efetivo”, afirmou a secretária.

Ainda de acordo com a titular da Secult os frutos desse trabalho alcançarão não apenas Gurupi, mas toda a região. “A realização do inventário do turismo de maneira completa e principalmente a Prefeitura, por meio da Secult, ter feito a estruturação das políticas municipais de apoio ao desenvolvimento do Turismo, garantirá a Gurupi uma melhor classificação e mais acesso ao fomento do turismo da Regional da Ilha do Bananal”, destacou.

Fonte primeirapagina
você pode gostar também