Torres e Mauro Cid serão convocados para CPMI de 8 de Janeiro, diz presidente da comissão

-- Publicidade --

O presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investigará os ataques às sedes dos Poderes em 8 de Janeiro, deputado Arthur Maia (União Brasil-BA), disse nesta terça-feira (6) que cinco pessoas serão convocadas a prestar esclarecimentos para o colegiado. O ministro da Justiça, Flávio Dino, será convidado, de acordo com Maia.

“Fiz o requerimento de convocação para cinco dessas pessoas. E para o ministro Flávio Dino, em respeito à sua condição de ministro da República, estamos fazendo um convite. Falei com o ministro, tenho certeza de que ele virá”, declarou o presidente do colegiado.

Os requerimentos de convocação e convite devem ser votados na quarta-feira, dia 7. Estão na pauta as convocações de:

Anderson Torres – ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal;

Mauro Cid – oficial do Exército e ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro;

Gonçalves Dias – general da reserva ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional de Luiz Inácio Lula da Silva;

Jorge Eduardo Naime Barreto – coronel da Polícia Militar do Distrito Federal e ex-chefe do Departamento de Operações da PMDF;

Saulo Moura da Cunha – ex-diretor-adjunto da Abin.

A CMPI está analisando seu plano de trabalho na manhã desta terça-feira. Quem o apresenta é a relatora, senadora Eliziane Gama (PSD-MA).

Banner825x120 Rodapé Matérias
Fonte istoe
você pode gostar também