Quem trabalhou em anos anteriores também poderá sacar R$ 1 mil do FGTS

Saque extraordinário do FGTS ficará disponível para trabalhadores que não estão trabalhando com carteira assinada.

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Trabalhadores que não estão exercendo atividade com carteira assinada também poderão participar do novo saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Para ter acesso a até R$ 1 mil nessa nova rodada, basta ter saldo disponível nas contas vinculadas.

Segundo informado pelo governo federal, o resgate terá como fonte as contas ativas (emprego atual) e inativas (empregos antigos). Ou seja, a novidade vale para quem trabalhou em anos anteriores. Desta forma, todos que têm saldo no FGTS poderão sacar, mesmo que não estejam atuando no momento.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

“Serão 42 milhões de brasileiros beneficiados. Os saques poderão ser feitos entre 20 de abril e 15 de dezembro”, afirmou Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal.

O dinheiro será depositado na poupança social do Caixa Tem, aplicativo disponível para Android e iOS. A Caixa criará uma conta automática no nome dos trabalhadores que ainda não possuem uma.

Calendário do saque de R$ 1 mil do FGTS

O calendário do saque extraordinário começa no dia 20 de abril e vai até 15 de junho, na ordem do mês de nascimento dos cotistas. O resgate fica disponível até dezembro para todos os grupos. Veja as datas:

  • Nascidos em janeiro: 20 de abril
  • Nascidos em fevereiro: 30 de abril
  • Nascidos em março: 04 de maio
  • Nascidos em abril: 11 de maio
  • Nascidos em maio: 14 de maio
  • Nascidos em junho: 18 de maio
  • Nascidos em julho: 21 de abril
  • Nascidos em agosto: 25 de abril
  • Nascidos em setembro: 28 de abril
  • Nascidos em outubro: 1º de junho
  • Nascidos em novembro: 08 de junho
  • Nascidos em dezembro: 15 de junho
Mais informações

Uma das grandes dúvidas que surgiram após o anúncio da novidade é sobre como solicitar o crédito do dinheiro. Não é necessário realizar nenhum pedido, já que o depósito será feito automaticamente.

Aqueles que não tiverem interesse em mexer no saldo do FGTS agora devem baixar o aplicativo Caixa Tem e solicitar a devolução do crédito. O pedido pode ser feito até o dia 10 de novembro.

Fonte editalconcursosbrasil
você pode gostar também