Auxílio Brasil: Veja quais serão os bônus oferecidos no novo programa

Ideia é garantir o desenvolvimento das famílias mais carentes através de incentivos e pagamentos de quantias adicionais.

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família, terá um sistema de bônus que poderá aumentar o valor do benefício. Para isso, o governo federal estuda vincular quantias extras na folha dos inscritos utilizando recursos arrecadados com as privatizações e dividendos líquidos de lucros obtidos pelas estatais.

Leia mais: 1.764 vagas de emprego para gerente de loja são anunciadas; Cadastre seu currículo

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Com isso, o pagamento dos saldos extras ficará de fora do teto de gastos –  regra que determina um limite para os gastos da União. Por outro lado, por não apresentar um caráter recorrente, visto que depende do tamanho das arrecadações previstas, os valores também podem variar.

Quais serão os valores e os bônus do Auxílio Brasil?

Ainda sem uma divulgação oficial das diretrizes do programa pelo governo federal, há incertezas acerca do valor pago no substituto do Bolsa Família. Contudo, com base naquilo que já foi dito pelos representantes do alto escalão do executivo, estima-se que a média do benefício fique em torno de R$ 300.

A quantia, por outro lado, como declarou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), terá o complemento de até seis bônus, em que cada um deles terá o valor de R$ 50. A ideia é garantir o desenvolvimento das famílias mais carentes através de incentivos.

Alguns dos bônus previstos são: Auxílio Esporte Escolar, Bolsa de Iniciação Científica Júnior, Auxílio Criança Cidadã (voucher creche), Benefício Compensatório de Transição, Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Auxílio de Inclusão Produtiva Rural.

Confira um pouco mais sobre cada um deles no quadro abaixo:

Sobre a data de implementação da política pública, a previsão é de que ela passe a funcionar a partir do mês de novembro. A partir deste período, vale ressaltar, os depósitos do auxílio emergencial já terão sido encerrados. Apenas as liberações de saque e transferência estarão funcionando. Sendo assim, a expectativa é de que até outubro o governo federal realize a triagem dos beneficiários.

Fonte capitalist
você pode gostar também