Mourão: “Amazônia continuará a ser brasileira”

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Em um artigo publicado hoje pelo Estadão, Hamilton Mourão entrou no debate entre Jair Bolsonaro e Emmanuel Macron sobre a Amazônia.

O vice-presidente criticou o que chamou de “velha ambição disfarçada por filantropia de fachada”.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

“E por qualquer perspectiva, da preservação ao desenvolvimento, da defesa à segurança, da História ao Direito, a nossa Amazônia continuará a ser brasileira”, disse o general.

Mourão escreveu também:

“É inacreditável que, num momento em que guerras comerciais e protecionismos turvam o horizonte mundial, e são publicamente condenados em todas as instâncias internacionais responsáveis, líderes de países europeus venham, individualmente ou em conjunto, tomar iniciativas contra o livre-comércio, procurando sabotar acordos históricos como o firmado entre a União Europeia e o Mercosul e entre este e os países da Associação Europeia de Livre-Comércio (Efta) – Noruega, Suíça, Islândia e Liechtenstein.”

Fonte oantagonista
você pode gostar também